segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

DECORAÇÂO DE NATAL - ESPANHA




DECORAÇÃO AMBIENTE - PONTEIO LAR SHOPPING BH




    Grandes profissionais decoraram lindos ambientes de Natal inspirados nos costumes de diversos países. A Mostra fica em cartaz até 6 de janeiro no Ponteio Lar Shopping.

   A equipe da ANETE CARVALHO PERSONAL EVENTS participou com o tema " Natal na Espanha", que enriqueceu ainda mais nosso conhecimento e imaginação. O convite veio da queridíssima parceira Alexandra Temponi da La Cuccina que ainda nos emprestou peças lindas para compor o ambiente. Amamos participar!


Espanha (Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press)
Nosso espaço sugere uma varanda ou sala de leitura com todo conforto e elegância para curtir o Natal.
           Ambiente de Natal Ponteio Lar Shopping
                                 Os Reis Magos, que no caso, substituem o nosso Papai Noel, também
                                 ganham seu espaço no aparador. 

           Ambiente de Natal Ponteio Lar Shopping
                              Os móveis são da Maria Alice Decorações, que mais uma vez nos apoiou.
                            Ambiente de Natal Ponteio Lar Shopping
            Ambiente de Natal Ponteio Lar Shopping
                          Na decoração da árvore, bem como em todo o ambiente, destacamos os tons
                             amarelo ouro e vermelho como as cores da bandeira da Espanha. Destaque
                             também nas bolas plotadas com figuras que remetem a Espanha.



http://estadodeminas.lugarcerto.com.br/app/noticia/decoracao/2012/12/05/interna_decoracao,46765/decoradoras-criam-mesas-de-natal-para-exposicao-em-bh.shtml



DECORAÇÃO PARA O REVEILLON


Quer uma decoração bem simples, mas muito fofa para seu reveillon? Veja que ideia original com balões perolados.


sábado, 27 de outubro de 2012

TUDO MUDOU


Tudo Mudou.

Nascemos nos anos 30, 40 e 50... Foi barra para mudar todos os conceitos de várias gerações. Faz apenas 50 anos que apareceu a televisão, o chuveiro elétrico, a declaração dos direitos humanos e a revista Playboy. Casar era pra sempre, sustentar filhos era somente até quando eles conseguissem emprego, as certezas duravam a vida toda e os homens eram os primeiros a serem servidos à mesa do jantar.As avós eram umas velhinhas, hoje, essas mulheres de 40 ou 50 anos viraram um "mulherão". Todos nos vestimos como nossos filhos. Não existem mais velhos como antigamente. Essa foi uma geração que mudou tudo.Culpa da guerra, da pílula, da Internet, da globalização, do muro de Berlim, da televisão e da tecnologia. Até morrer ficou diferente. Na minha rua havia um velhinho que morria aos poucos. Ficou uns dez anos morrendo e isto aconteceu logo depois de completar 57 anos. Hoje se morre com 80 ou aos 90 e é um vapt-vupt. Com a pílula, a mulher teve os filhos que quis e ela sempre quis poucos. Como não conseguimos mais sustentar uma família, elas foram à luta e saíram para poder pagar a comida congelada, a luz e o telefone. Se a coisa não vai bem: é fácil a separação, difícil é pagar a pensão. Na realidade, as mães são solteiras com doze anos. Depois serão chefes de família, com muitos filhos de muitos pais. Em 50 anos tiraram a filosofia da educação básica, e como o pensamento era reprimido pela revolução, tudo virou libertação. Pedagogia da libertação, Teologia da libertação, Psicologia da libertação. Deu no que deu. Burrice liberada. Burrice eleita. Para as pessoas de mais de 50 anos, palhaço era o Carequinha. Hoje o povo inteiro é meio palhaço, meio pateta. Ladrão era o Meneghetti e o Bandido da Luz Vermelha; hoje os ladrões tomaram conta dos palácios, da Câmara Federal e de uma cidade que não existia, chamada Brasília. Ângela Guadagnin dançaria só na zona do baixo meretrício. Presidente da República era alfabetizado. Experiência com feijão e algodão germinando a gente fazia na escola primária e não em vôo espacial, pago a 12 milhões de dólares. Movimento social era reunião dançante. Dia da mentira não era data nacional. Piercing quem usava era índio botocudo. Tatuagem era em criminoso do bas fond. Mansão do lago era algo de filme de terror e não lugar onde ministro divide dinheiro. Caseiro não era mais ético do que ministro. Quadrilha era dança junina e não razão de existir de partido político. O Clube dos Cafajestes eram uns inofensivos playboys cariocas e não um País inteiro. As pessoas de mais de 50 estão assim meio tontas, mas vão levando. Fumaram e deixaram de fumar. Beberam whisky com muito gelo, hoje tomam água mineral. Foram marxistas até descobrir quem eram Harpo, Chico e Groucho, e que o marxismo é um grande engodo. Ninguém tem mais certeza de mais nada e a única música dos Beatles a tocar é "Help". Pára Brasil, que os caras de mais de 50 anos querem descer!!! Ao ler esta mensagem dá um aperto no coração só de pensar que tudo isso é verdade! Que a nossa realidade está de fazer vergonha! E o pior, será que alguém sabe o que é "vergonha"?( Autor desconhecido ).

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

10 DICAS PARA EMAGRECER DE FORMA SAUDÁVEL




dicas emagrecer casa

Não há fórmulas mágicas.
Se quer uma receita para te ajudar a emagrecer, sem segredos, atividade física!
Será bom estar mais disposto e, de quebra, queimar calorias e melhorar o condicionamento físico.
Emagrecer lentamente é desestimulante, já que não vê os resultados rapidamente?
E o que dizer das várias tentativas frustradas? Como se sente quando se recorda de tantos sacrifícios?

Então, siga as 10 dicas para emagrecer de forma saudável. E, é claro, duradouro.
1. Não tenha pressa. Se está acima do peso, pergunte-se há quanto tempo carrega esse excesso. Então, para que eliminar peso do dia para a noite? veja quanto precisa emagrecer e comece agora sua reeducação alimentar!
2. Corrija gradualmente a sua atitude em relação aos alimentos.
3. Não exclua de um dia para outro aquele alimento que só de pensar dá água na boca. Na verdade, nunca o exclua, mas saiba quando e quanto pode ingerir-lo.
4. Controle a ansiedade. Encontre uma distração ou um hobby que faça com que a sua atenção desvie da comida.
5. Estipule horários para as refeições.
6. Deixe de comer aquele doce e substitua pela fruta da sua preferência.
7. Beba muita, mas muuuuuita água.
8. Deixe o seu prato colorido. Saladas e legumes devem estar presentes diariamente no almoço e jantar.
9. Se alguém notar que está adquirindo novos hábitos e perguntar se está de “regime”, mande um audível “não”. Muitas pessoas adoram sabotar as boas intenções alheias.
10. Confie em você! Tenha sempre uma atitude positiva. Estar determinada e confiante é mais do que meio caminho andado para atingir o seu objectivo.

                                                        dicas emagrecer casa

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

MAXICOLARES



Sou fã dos maxicolares e adoro vê-los por toda parte. Para não confundir, saiba que para ser considerado max, o colar deve ter mais volume do que comprimento. São peças que compõem nossas roupas e às vezes até roubam a cena.




Colar Gola com blusa mais decotada, mas que deu
super certo!


DESVANTAGENS
- Poluir o visual se não usado corretamente
- Difícil usar com roupas estampadas
- O tamanho deve ser proporcional à altura da mulher ( Por exemplo, o maxicolar de uma mulher que mede 1,80m não pode ser o mesmo tamanho de uma com 1,50m )

VANTAGENS
- Colorem e enfeitam as roupas
- Cria-se um ponto de foco interessante e moderno no visual
- Pode ser usado a qualquer hora do dia
- Faz toda a diferença em um look básico

COMO USAR
- Cabelo sem muito efeito ou preso
- Vestidos longos, tomara que caia ou frente única ( são meus - favoritos )
- Blusas com golas redondas ou decotes amplos
- Tecidos de cor lisa. Se quiser usar com estampas, lembre-se que o segredo é achar harmonia nas cores
- No trabalho, com terninhos ou conjuntinhos
- Brincos pequenos e grudadinhos ( mas quase sempre é melhor deixar o colar brilhar sozinho, sem brincos )

COMO NÃO USAR
- Blusas com volume ou decote
- Brincos pendurados
- Pulseiras grandes

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

ENTENDA OS SÍMBOLOS DAS ETIQUETAS DAS ROUPAS


Confira o significado da simbologia universal 

 

Sempre tive dificuldades para entender estes símbolos, por isto fui atrás e pesquisei pra você e pra mim. Confira:

Entenda os símbolos nas etiquetas de roupas

Na hora de lavar roupa, seguir as orientações da etiqueta é imprescindível para a conservação delas. Os símbolos internacionais indicam quais os procedimentos devem ser seguidos a fim de preservar as características originais das peças, como a necessidade de se lavar a seco ou com água e a temperatura indicada. Na simbologia acima está descrita a limpeza a seco, recomendada para roupas sob medida, com acabamento especial e feitas com mais de um tipo de tecido.
Há quatro classes de sinais convencionais para orientar a lavagem das roupas: o triângulo, o quadrado, o círculo e o desenho de um ferro de passar. O triângulo indica que pode ser utilizado alvejante e o quadrado desenhado na etiqueta significa secagem. Quando houver um X sobre o sinal, aquele procedimento deve ser evitado.


 Símbolos universais de lavagem com água

O desenho de um balde com água sem uma mão interna indica que a peça deve ser lavada com água na máquina. Quando houver um ou três riscos dentro do quadrado significa secagem na horizontal sem centrifugar.
Alguns tecidos precisam de mais cuidados do que a simples lavagem na máquina. Verifique e siga as instruções para não danificar as peças de roupas. Além de observar os símbolos universais que indicam como um tecido deve ser lavado, preste atenção nos 5 nãos da lavagem de roupa

quarta-feira, 3 de outubro de 2012

BENEFÍCIOS DE MEL E CANELA




Fatos sobre Mel e Canela: Verifica-se que uma mistura de mel e canela cura a maioria das doenças. O mel é produzido em quase todos os países do mundo. Os cientistas de hoje também aceitam o mel como um "Ram Ban '(muito eficaz) remédio para todos os tipos de doenças. Mel podem ser usados ​​sem efeitos secundários para qualquer tipo de doenças.A ciência afirma que embora o mel seja doce, quando é tomado na dose certa como um medicamento, ele não prejudica nem mesmo pacientes diabéticos. Pesquisado por cientistas ocidentais: 
DOENÇAS DO CORAÇÃO: Faça uma pasta de mel e pó de canela, aplicá-la no pão em vez de geléia e compota e comê-lo regularmente no café da manhã. Ele reduz o colesterol nas artérias e protege o paciente de um ataque cardíaco. Além disso, aqueles que já tiveram um ataque, quando eles fazem esse processo diariamente, eles são mantidos quilômetros de distância do próximo ataque. O uso regular do processo acima alivia a perda da respiração e fortalece as batidas do coração. Na América e no Canadá, várias casas de repouso trataram pacientes com sucesso e descobriram que com a idade as artérias e veias perdem sua flexibilidade e ficam entupidos; mel e canela revitalizar as artérias e as veias.
ARTRITE: Os pacientes de artrite podem tomar diariamente (manhã e noite) uma xícara de água quente com duas colheres de sopa de mel e uma colher de chá de canela em pó. Quando tomado regularmente, até a artrite crônica pode ser curada. Em uma pesquisa recente, conduzida na Universidade de Copenhague, constatou-se que quando os médicos tratavam seus pacientes com uma mistura de uma colher de sopa de mel e meia colher de chá de pó de canela antes do almoço, eles descobriram que dentro de uma semana (das 200 pessoas tratadas) praticamente 73 pacientes foram totalmente aliviado da dor - e dentro de um mês, a maioria de todos os pacientes que não podia andar ou se movimentar devido à artrite agora começou a caminhar sem dor.
INFEÇÕES DE BEXIGA: Tome duas colheres de sopa de pó de canela e uma colher de chá de mel em um copo de água morna e beber. Ela destrói os germes na bexiga.
COLESTEROL: Duas colheres de mel e três colheres de chá de canela em pó misturados em 16 ml de água de chá dadas a um paciente colesterol foi administrado para reduzir o nível de colesterol no sangue em 10 por cento no prazo de duas horas. Tal como mencionado para pacientes artríticos, quando tomados três vezes por dia, qualquer colesterol crônico é curado. De acordo com informações recebidas no referido Jornal, mel puro tomado com comida diariamente alivia reclamações de colesterol.
RESFRIADOS: Aqueles que sofrem de resfriados comuns ou severos, devem tomar uma colher de sopa de mel morno com 1/4 colher de canela em pó por dia durante três dias. Este processo cura tosse crônica e limpa os seios.Dores de estômago: Mel tomado com canela em pó cura dores de estômago e também limpa úlceras de estômago de sua raiz.
GÁS: De acordo com os estudos feitos na Índia e no Japão, é revelado que quando o mel for tomado com o pó de canela o estômago é aliviado de gases.
SISTEMA IMUNE: O uso diário de mel e pó de canela fortalece o sistema imunológico e protege o corpo de bactérias e ataques virais. Os cientistas descobriram que o mel tem várias vitaminas e ferro em grandes quantidades. O uso constante do mel fortalece os corpúsculos de sangue brancos (onde o DNA está contido) para lutar contra doenças bacterianas e virais.
INDIGESTÃO: canela em pó, salpicado em duas colheres de sopa de mel e ingerido antes da comida  alivia a acidez e ajuda na digestão de refeições pesadas.
INFLUENZA: Um cientista na Espanha comprovou que o mel contém um "ingrediente" natural que mata os germes da gripe e salva o paciente de gripe.
LONGEVIDADE: Chá feito com mel e pó de canela, quando tomado regularmente, detém as devastações da idade. Use quatro colheres de chá de mel, uma colher de chá de pó de canela e três xícaras de água fervente para fazer um chá. Beber 1/4 de copo, de três a quatro vezes por dia. Mantém a pele fresca e suavisa  prisões da velhice. Aumenta a expectativa de vida e até mesmo um velho  100 anos vai começar a executar as tarefas de um 20-year-old.
GARGANTA rouca ou ferida: Quando tem na garganta cócegas ou  fica  rouca, tomar uma colher de sopa de mel. Repita a cada três horas, até que a garganta melhore os sintomas. 
PIMPLES: Três colheres de sopa de mel e uma colher de chá de canela em pó. Basta Aplicar esta pasta sobre as espinhas antes de dormir e lave-a na manhã seguinte com água morna. Quando feito diariamente durante duas semanas, ela retira todas as borbulhas da raiz. 
INFEÇÕES DE PELE: Aplicação de mel e pó de canela em partes iguais sobre as partes cura micose eczema afetada, e todos os tipos de infeções de pele. 
PERDA DE PESO: Diariamente pela manhã meia hora antes docafé da manhã e com o estômago vazio, e à noite, antes de dormir, beba mel e pó de canela fervido em um copo de água. Quando tomado regularmente, reduz o peso até mesmo de pessoa mais obesa. Além disso, beber esta mistura regularmente não permite que a gordura se acumule no corpo, mesmo que a pessoa coma uma dieta de alta caloria.
CÂNCER: Pesquisa recente no Japão e Austrália revelou que o câncer avançado do estômago e ossos foram curados com sucesso. Os pacientes que sofrem dessas espécies de câncer devem tomar diariamente uma colher de sopa de mel com uma colher de chá de pó de canela, três vezes ao dia durante um mês. 
FADIGA: Os estudos recentes mostraram que o teor de açúcar do mel é mais útil que nocivo para a resistência do corpo. Idosos que tomam mel e pó de canela em partes iguais são mais vigilantes e flexíveis. Dr. Milton, que fez a pesquisa, diz que meia colher de sopa de mel  ingerido com um copo de água e polvilhado com canela em pó é indicado mesmo quando a vitalidade do corpo começa a diminuir, quando tomado diariamente após a escovação e à tarde, sobre 03:00, a vitalidade do corpo aumenta dentro de uma semana.Mau hálito: Gargarejo com uma colher de chá de mel e canela em pó misturados em água quente como primeira coisa na parte da manhã para que a respiração permanece fresco durante todo o dia.
PERDA DE AUDIÇÃO: diariamente pela manhã e noite mel e pó de canela, tomado em partes iguais restaura a audição. Lembre-se de quando éramos crianças? Tivemos torradas com manteiga real e canela polvilhados com isso!

Pois bem, Não custa tentar...! 


Fonte: Homesteading / Survivalism‎.

terça-feira, 2 de outubro de 2012

CIINCO DICAS PARA APROVEITAR UM BOM VINHO NA PRIMAVERA

Brancos, rosés e espumantes são boas pedidas para a estação das flores


Divulgação

Que os amantes de vinho tinto adoram o inverno, isso ninguém duvida. Afinal, o frio típico é ideal para uma taça, principalmente quando feita de uvas mais encorpadas. Mas quem não fica sem o fermentado não precisa lamentar o início da primavera neste sábado (22). Com a chegada da estação e a subida da temperatura nos termômetros, é a vez dos espumantes, brancos e rosés, ganharem espaço na mesa. Confira cinco dicas para aproveitar a bebida durante estação.


Preste atenção na acidez

A acidez dá personalidade ao vinho, principalmente o branco. Segundo o sommelier Ariltol Soarel, da Olegário Pizza e Forneria, é justamente esta característica que dá a sensação de refrescância. Segundo ele, a melhor acidez vem de dos vinhos produzidos em uma região específica de Portugal. "Os vinhos verdes são muito leves e frescos, combinam bem com a estação."



Prefira os mais leves
Existe uma falsa ideia de que brancos e rosés são naturalmente mais leves. Mas isso não é verdade. Segundo Gustavo Roman, proprietário da Pizza Sur, eles têm características diversas e podem ser mais ou menos encorpados. "Depende da uva. Dos brancos, o sauvignon blanc é bem suave, e dos rosés, os do sul da França, do Chile e da Argentina." O Brasil brilha quando o assunto é o espumante. "Os brasileiros são os melhores da América do Sul", garante.


Aproveite para combinar


Um acompanhamento é fundamental para um bom vinho. E se as bebidas para a primavera são mais leves, a comida acompanha o clima da estação. "São ótimos principalmente com frutos do mar, peixes e saladas", diz Antônio Guido, sommelier da Royal Vinhos. Mas até o queijo, tradicional companheiro dos tintos, pode ser degustado. "O queijo de cabra é mais leve, combina bem. O gruyère também é uma boa pedida."


Beba gelado (mas não demais)


Graças ao calor que a primavera traz, muita gente usa e abusa das salmouras para gelar os vinhos brancos, rosés e espumantes. Mas deixar a temperatura baixa demais pode prejudicar o sabor. "Quando fica estupidamente gelado, o vinho não mostra todo sabor. O gelo é ótimo, ajuda a refrescar, mas tem que ser na medida certa", diz Arilton Soarel. Para não errar, use só um balde com água e gelo. "É a temperatura ideal para a maioria dos vinhos mais refrescantes."


Não fique só no jantar


A primavera permite certas ousadias com o horário do vinho. Quem costuma degustar a bebida só no jantar pode aproveitar a estação para experimenta também de manhã. "Em um brunch, pode ser uma boa. Mas beber de tarde em um quintal, como aperitivo antes de um jantar ou até mesmo sobremesa, tem tudo a ver", garante Roman. Para ele, o mais indicado para estas ousadias é o espumante. "É uma bebida que não tem horário."


por João Renato Faria |  Veja BH - 26 de Setembro de 2012

segunda-feira, 1 de outubro de 2012

ALECRIM - ERVA DA ALEGRIA







                                               

Há dias em que se tem a impressão de se estar dentro de um espesso nevoeiro. Tudo parece monótono e difícil e o coração fica triste. É a noite escura da alma. 

Certa vez, ao pedir um copo de àgua na casa de uma amiga, fui surpreendida com uma jarra com raminhos de alecrim. Perguntei o quê era e ela me respondeu:
-Água da alegria!

O aroma era muito agradável e, a cada gole que bebia, senti a mente ir clareando. Uma sensação de bem-estar e alegria foi se espalhando pelo corpo e senti a sensação de enorme felicidade. Fiquei muito impressionada com a capacidade dessa planta transmitir alegria. Aliás, o nome alecrim já lembra alegria. Resolvi pesquisar a respeito e veja só que maravilha.

O alecrim - Rosmarinos officinalis, planta nativa da região mediterrânea - foi muito apreciada na Idade Média e no Renascimento, aparecendo em várias fórmulas, inclusive a 'Água da Rainha da Hungria', famosa solução rejuvenescedora. Elizabeth da Hungria recebeu, aos 72 anos, a receita de um anjo (um monge?) quando estava paralítica e sofria de gota. Com o uso do preparado, recobrou a saúde, a beleza e a alegria. O rei da Polônia chegou a pedí-la em casamento!

Madame de Sévigné recomendava água de alecrim contra a tristeza, para recuperar a alegria. Rudolf Steiner afirmava que o alecrim é, acima de tudo, uma planta calorífera que fortalece o centro vital e age em todo o organismo. Além disso, equilibra a temperatura do sangue e, através dele, de todo o corpo. Por isso é recomendado contra anemia, menstruação insuficiente e problemas de irrigação sangüínea. Também atua no fígado. E uma melhor irrigação dos órgãos etimula o metabolismo.

Um ex-viciado em drogas revelou que tivera uma visão divina que o tornou capaz de livrar-se do vício. Foi-lhe indicado que tomasse chá de alecrim para regenerar e limpar as células do corpo, pois o alecrim continha todas as cores do arco-íris. O alecrim é digestivo e sudorífero. Ajuda a assimilação do açúcar (no diabetes) e é indicado para recompor o sistema nervoso após uma longa atividade intelectual. É recomendado para a queda de cabelo, caspa, cuidados com a pele, lesões e queimaduras; para curar resfriados e bronquites, para cansaço mental e estafa e, ainda, para perda de memória, aumentando a capacidade de aprendizado.

Existe uma graciosa lenda a respeito do alecrim: quando Maria fugiu para o Egito, levando no colo o menino Jesus, as flores do caminho iam se abrindo à medida que a sagrada família passava por elas. O lilás ergueu seus galhos orgulhosos e emplumados, o lírio abriu seu cálice. O alecrim, sem pétalas nem beleza, entristeceu lamentando não poder agradar o menino. Cansada, Maria parou à beira do Rio e, enquanto a criança dormia, lavou suas roupinhas. Em seguida, olhou a seu redor, procurando um lugar para estendê-las. 'O lírio quebrará sob o peso, e o lilás é alto demais'. Colocou-as então sobre o alecrim e ele suspirou de alegria, agradeceu de coração a nova oportunidade e as sustentou ao Sol durante toda a manhã. "Obrigada, gentil alecrim! disse Maria. Daqui por diante, ostentarás flores azuis para recordarem o manto azul que estou usando. E não apenas flores te dou em agradecimento, mas todos os galhos que sustentaram as roupas do pequeno Jesus, serão aromáticos. Eu abençôo folha, caule e flor, que a partir deste instante terão aroma de santidade e emanarão alegria."

...e assim foi! BOM CHÁ PARA VOCÊ !!!
Fonte: Nuwa Spa

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

43 DICAS PARA SER ECOLOGICAMENTE CORRETO




Sou admiradora desta obra maravilhosa de Deus da qual fazemos parte, a natureza. Entro em êxtase diante deste espetáculo!
 ...E como parte dela, sinto-me responsável pela sua preservação. 
Aqui vão algumas dicas bem simples para você fazer sua parte também:

 
1-Jamais jogue lixo no chão.

2-Somente jogue no lixo aquilo que nao pode se reutilizado ou reciclado.


3-Prefira embalagens retornáveis.


4-Ao redigir use papel dos dois lados.


5-Edite texto na tela do computador e evite impressões desnecessárias.


6-Não piche monumentos e paredes.


7-Embrulhe materiais cortantes antes de colocá-los no lixo para evitar acidentes com os garis.


8-Não queime o lixo.


9-Matenha limpos os parques e praças da cidade.


10-Nao jogue lixo em lotes vagos, encostas, bueiros, canaletas e córregos.


11-Ao construir ou reformar, leve o entulho aos locais apropriados.


12-Nao deixe material de construçao e entulhos espalhados no passeio.


13-Respeite os dias e horários de coleta de lixo.


14-Nao jogue lixo pelas janelas dos veículos.


15-Acondicione corretamente o seu lixo.


16-Plante uma árvore.


17-Cuide das áreas verdes de seu bairro.


18-Mantenha seu lote limpo, murado e com passeio.


19-Apague a luz sempre que sair de um recinto. Evite desperdício de energia elétrica sempre. Se possível instale receptor de energia solar em casa.


20-Separe vidro, papel, metal e plástico e leve esse material aos locais de entrega voluntária de coleta seletiva, caso exista usina de reciclagem.


21-Evite excesso de embalagens, principalmente as de plástico.


22-Adiquira produtos reciclados, recicláveis, reutilizáveis e que possam ser consertados.


23-Evite os descartáveis.


24-Na hora da comprar pense sempre no supérfluo, no desperdício e no tamanho que o seu lixo vai ficar.


25-Restos de comida,cascas de frutas e legumes e folhas de podas podem virar adubo para suas plantas.


26-Mantenha limpa as calçadas em frente à sua casa ou estabelecimento comercia.l


27-Cuide para que as bocas de lobo não fiquem entupidas com lixo.


28-Não demore no banho, não durma com a televisão ligada. Economize energia


29-Evite lavar constantemente o carro.


30-Evite comprar móveis de madeira, mas caso nao resista, tenha somente móveis de madeiras reflorestadas ou com o selo de garantia de extração legalizada.


31-Separe as pilhas recarregáveis ou nao, além das baterias, principalmente as de celulares e coloque em recipientes metálicos devolvendo quando possível as distribuidoras de sua cidade.


32-Quando for construir evite gastar o mínimo de cimento, aproveitando áreas com terra para plantar.


33-Evite fumar, principalmente em locais fechados.


34-Quando sair à noite, evite lugares muito iluminados. Nao se esqueca que existe tambem a poluiçao luminosa.


35-Recuse aerosóis ou qualquer produto que contenha CFC. Esse gás destrói a camada de ozônio que protege a terra dos raios ultra violetas, radiações responsáveis pelo câncer de pele.


36-Opte por remédios caseiros.


37-Denuncie aos orgãos competentes que existem em sua cidade, empresas ou pessoas que estejam emitindo poluição, seja ela sólida, líquida, gasosa, visual ou sonora, sem o mínimo controle.


38-Prefira alimentos cultivados sem agrotóxicos: Mais saudáveis, não poluem o solo e a água.


39-Se for necessário utilizar algum tipo de agrotóxico em sua propriedade, opte pelos agrotóxicos naturais, como o fumo. Caso não seja possível, procure se proteger da forma indicada.


40-Vote em candidatos sérios que tenham um plano de governo direcionado para o meio ambiente.


41-Exija do prefeito a instalação de uma usina de reciclagem em sua cidade. A usina, além de contribuir para o meio ambiente, emprega pessoas, educa a população e consegue lucros com a venda dos plásticos, dos papéis, das latas, dos humus proveniente da compostagem do lixo orgânico, etc.


42-Abrace uma árvore, ande descalço, sinta a força da terrra!!!


43-Olhe, admire e respeite a mãe natureza. 


 

Fonte: http://www.alerta.org.br/

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

VILA RICA



Fiquei encantada com esta vila bucólica muito fôfa! Um pedacinho das charmosas cidades históricas mineiras, bem pertinho da minha casa.
O lugar abriga restaurantes, espaço para eventos e escritórios.  
Se você mora ou vai visitar Belo Horizonte, Fica aqui a dica.
Anote o endereço: Av. Fleming, 900 Bairro Ouro Preto - BH

                            Clique para aumentar as fotos

                                                   A CHARMOSA ENTRADA




                                                             BISTRÔ VILA RICA
  
O primeiro espaço é o Bistrô Vila Rica. Oferece cardápio           assinado pelos chefs Eduardo do Carmo e Érica Chami que apresentam releituras das culinárias francesa Italiana e mineira.


                 


       A carta de vinhos inclui rótulos dos melhores vinhedos da
  França, Itália, Portugual, Chile, Argentina e Brasil, harmonizando muito bem com os pratos.


                                                      ÁREA EXTERNA DO BISTRÔ




                                                  O INTERIOR DO BISTRÔ








                                                                  FEIJUADA
 Especializada em feijoada e à noite um delicioso Happy Hour com deliciosos tira gostos, além de uma cerveja gelada.


            
                                                      ESPAÇO PARA EVENTOS


sábado, 22 de setembro de 2012

...E A PRIMAVERA CHEGOU!

Glamorosa  celebrando a vida, vem chegando a primavera.
Recebi essa belíssima ideia por e-mail e apaixonada como sou pelas flores, resolvi compartilhar com vocês. Espero que curtam!

Sabe como conseguir esse efeito fantástico nos vasos?...é só fazer esses furos no vaso e plantar neles cada muda...mas vocês podem fazer isso em bombonas, galões, tambores e outras embalagens plásticas ou latas...use a dica para reciclar!!!Ah...antes que perguntem...as flores são "petúneas".

Foto: Quero dar uma dica...Sabe como conseguir esse efeito fantástico nos vasos?...é só fazer esses furos no vaso e plantar neles cada muda...mas vocês podem fazer isso em bombonas, galões, tambores e outras embalagens plásticas ou latas...use a dica para reciclar!!!Ah...antes que perguntem...as flores são "petúneas". 









terça-feira, 11 de setembro de 2012

LINGERIE: DICAS PARA USAR AS PEÇAS DE ACORDO COM O TIPO DE CORPO


Especialistas dão dicas para disfarçar imperfeições

 

Seja para manter a mulher confortável durante o dia ou para deixá-la deslumbrante em um momento apimentado, a lingerie perde todo seu propósito se não estiver de acordo com o corpo de quem usa.

Isso porque cada corpo tem suas particularidades e o par de calcinha e sutiã errado pode acabar com o look. Sempre tive dificuldades na hora de comprar. Por isso, consultei a estilistas e especialistas de lingerie e peguei algumas dicas para disfarçar imperfeições do corpo ou adequar as peças ao nosso tipo de corpo. Veja abaixo: 

  • 1

    Para disfarçar gordurinhas nas costas

    O modelo de sutiã mais indicado para disfarçar as gordurinhas é aquele que possui lateral e costas bem largas, de preferência com fecho triplo – e o tecido, claro, não deve ser do tipo que aperta muito.  Uma peça com essas características sustenta mais e marca menos, além de dar mais conforto e maleabilidade à mulher.

    Mas a lingerie não faz todo o trabalho sozinha. Para completar o visual, é importante usar uma camisa de malha mais soltinha por cima, para que os excessos não fiquem protuberantes de forma alguma.


  • 2
    Para atenuar o culote

    O primordial para uma calcinha com esta finalidade é não apertar nem um pouco a pele. É importante que a peça tenha um bom tamanho de circunferência, para não apertar mesmo quem for mais magra,  a renda é indicada como um bom material para disfarçar o culote.
    Alguns modelos de renda e de tule não têm elástico, o que suaviza o contato entre a lingerie e a pele. O tecido tem que ser bem macio.

     
     
  • 3
    Sutiã para quem tem muito busto

    O objetivo de quem tem muito busto é sustentar os seios de forma segura. Por isso, o sutiã deve ter grande largura lateral, podendo ter aquele ferrinho que não deixa a pela enrolar e ajuda na sustentação. O modelo também pode ter uma pala abaixo dos seios e um bom elástico para segurar tudo no lugar.

    Ficam “proibidos” os enchimentos, bojo “bolha” e ferros abaixo dos seios – isso porque, se ele não for do tamanho correto, pode fazê-los sair do lugar nos movimentos. A espuma do sutiã deve ser bem fina, para não marcar e não dar mais volume ainda.


  • 4
    Sutiã para quem tem pouco busto (e quer aumentar)

    O sutiã ideal para aumentar os seios é aquele com enchimento e “bolha” na lateral. O modelo nadador push-up (que abotoa na frente) é uma ótima opção porque junta os seios, dando mais volume.






  • 5
    Calcinha para quem tem pouco bumbum (e quer aumentar)

    Quem tem pouco bumbum  pode investir no modelo fio dental duplo, que veste bem e dá volume, além de realçar as formas por causa do contorno que faz no bumbum. Calcinhas com franzidos e babados na região do bumbum também ajudam a dar um efeito de aumento.



quarta-feira, 5 de setembro de 2012

FONTE DA JUVENTUDE


Rugas, marcas e flacidez fatalmente chegarão até você, mais cedo ou mais tarde. o jeito é recorrer às várias alternativas da dermatologia para reduzir os sinais de envelhecimento desde o início. Mas não basta apenas usar loções antiaging miraculosas. Em geral, os cremes fazem parte do tratamento de manutenção, mas são menos eficazes quando comparados aos procedimentos específicos.
Aprenda a reconhecer o seu problema e como contorná-lo:
 
MANCHAS
- Senis ( claras ou escuras ) e sardas: Tendem a ser cumulativas pelo efeito do sol e envelhecimento.
Respondem melhor à luz pulsada e ao laser. Tenha como aliados cremes clareadorea à base de hidroquinona
- Melasmas: Vão e voltam com frequência. O procedimento mais indicado é o peeling. Para manter o resultado, use cremes clareadores sem interrupção e filtro solar FPS 50 de três em três horas

RUGAS
- De expressão: A toxina botulínica consegue reduzir pequenos pés de galinha e linhas de preocupações; já o laser, as marcas mais profundas. Quanto mais cedo o tratamento, melhor. Invista em cremes ``a base de vitamina C e ácido glicólico, de preferencia, sem óleo, para evitar acne
- De flacidez: A perda de colágeno causa o inconviniente bigode chinês em torno dos lábios. o tratamento passa por preenchimentos faciais, laser fracionado e lifting. Hidrate a pele durante o dia e use géis à base de ácidos retinoico á noite

PERDA DE CONTORNO FACIAL
- Acompanha a flacidez, acentuada pela queda dos músculos, das bolsas de gordura e da absorção óssea. lifting ou preenchimentos mais profundos repõem o volume da face. Os cremes até existem, mas não funcionam

VEIAS APARENTES
- Grossas e azuladas: provocadas pela perda de sustentação da pele, pioram com doenças cardiovasculares, como pressão alta. Plásticas e laser são os procedimentos indicados. Esqueça os cremes
- Finas e avermelhadas: Frequentes na base do nariz, podem surgir a partir do uso indiscriminado e contínuo de ácido retinoico. Para tratar, escolha entre lifting, luz pulsada e laser. Cremes calmantes, à base de sulfacetamina de sódio e alantoína, ajudam a manter  o efeito

OLHEIRAS
- Flácidas: O excesso de pele e a frouxidão as deixa incólumes à toxina botulínica. A saída e a blefaroplastia ( plástica nas pálpebras ) ou o laser fracionado. Para completar, use cremes com efeito tensor para área dos olhos
- Escuras ou pigmentadas: hereditárias, criam expressão de cansaço ou sono. Ataque-as com luz pulsada ou laser. no dia a dia, aplique cremes clareadores suaves, à base de cafeína, vitamina C, ácido kójico ou ácido fítico
- Profundas: Efeito olho fundo. O preenchimento repõe o volume e resolve bem o problema. Hidratantes podem ser úteis
- Salientes ou em bolsas: A gordurinha piora com a idade, devido ao relaxamento do músculo da pálpebra. Mais uma vez, a indicação é a blefaroplastia e, em alguns casos, o preenchimento. Valorize cremes à base de cafeina e coffee berry, com efeito antioxidante


Fonte: Revista viver Brasil - Dermatologista Eveline Bartels

quinta-feira, 30 de agosto de 2012

VIAJAR COM SAÚDE




Nada Melhor que aproveitar as férias. Mas imprevistos podem interromper a tão aguardada viagem.
"A prevenção é o melhor caminho para driblar os riscos e manter a saúde dos viajantes. São pequenos cuidados e orientações, mas que podem fazer a diferença", diz a infectologista Karen Mirna Loro Morejon, da Sociedade Brasileira de Medicina de Viajem. Veja as dicas que ela dá a seguir:

 

CUIDADOS GERAIS

- Faça seguro saúde prévio
- Verifique se sua cardeira de vacina está em dia
- Descubra se o local da viajem concentra alguma epidemia, como dengue e febre amarela
- Ferifique as condiçõrs de saneamento. Se ele for deficiário, vacine-se contra febre tifóide e hepatite A
- Certifique-se que a região tem água potável: se não houver, leve na bagagem. " Prefira tomar água engarrafado nos restaurantes e peça para o garçon abrir na sua frente", orienta Karen
- Leve preservativos. Faça sexo seguro sempre

NO AVIÃO

- Idosos devem ter cuidado com trombose venosa nos membros inferiores. "Procure sempre movimentar os pés e as pernas no avião, pelo menos de 2 em 2 horas"
- Carregue soro fisiológico para umidecer as mucosas ressecadas
- Masque chicletes para evitar a sensação de ouvido tampado. Para as crianças, a amamentação também é uma solução

Para cada destino, uma prevenção diferente.
Faça o check-list

PRAIAS E CRUZEIROS

Problemas: Queimaduras, insolação, desidratação, micoses, brotoejas

O que fazer: Use filtro solar de 2 em 2 horas; beba água com freguência; evite comidas preparadas à beira-mar; use chinelo na areia e no calçadão

NEVE

Problemas: Queimadura solar, hipotermia, congelamento de extremidades, mal de altitude

O que fazer: Usar filtro solar e óculos de sol, mesmo sem sol à vista; usar roupas apropriadas, luvas e calçados impermeáveis

LUGARES DE CULINÀRIA EXÓTICA

Problemas: Diarréia, intoxicação alimentar, alergias

O que fazer: Certifique-se da qualidade e da procedência dos alimentos; evite alimentos crus, verifique se não é alergico a frutos do mar. " procure o médico ao primeiro sinal de diarréia", alerta

Divirta-se!!!

terça-feira, 28 de agosto de 2012

MESA POSTA



Ilustração bacaninha da disposição de talheres, taças, pratos, guardanapos... segundo a etiqueta!


 

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

STRESS...


maxima mulher feliz Enquanto o amor não vem...

Em uma conferência, ao explicar para a platéia a forma de controlar o estresse, o palestrante levantou um copo com água e perguntou: 
 -"Qual o peso deste copo d'água? " 
As respostas variaram de 250g a 700g.
O palestrante, então, disse: 

- "O peso real não importa. Isso depende de por quanto tempo você segurar o copo levantado."
"Se o copo for mantido levantado durante um minuto, isso não é um problema. Se eu o mantenho levantado por uma hora, vou acabar com dor no braço. Mas se eu ficar segurando um dia inteiro, provavelmente eu vou ter cãibras dolorosas e vocês terão de chamar uma ambulância."
E ele continuou:
- "E isso acontece também com o estresse e a forma como controlamos o estresse. Se você carrega a sua carga por longos períodos, ou o tempo todo, cedo ou tarde a carga vai começar a ficar incrivelmente pesada e, finalmente, você não será mais capaz de carregá-la."
"Para que o copo de água não fique pesado, você precisa colocá-lo sobre alguma coisa de vez em quando e descansar antes de pegá-lo novamente. Com nossa carga acontece o mesmo. Quando estamos refrescados e descansados nós podemos novamente transportar nossa carga."

domingo, 19 de agosto de 2012

ONDE ESTÀ O AÇÚCAR?





Este pó branco também mata? Que o açúcar engorda todo mundo sabe. Agora, um pesquisador americano diz que ele é perigoso como o cigarro e o álcool – e pode causar câncer

De tempos em tempos surgem estudos sobre alimentação que parecem ter sido criados com o objetivo de acabar com a graça da vida. Quase tudo o que a maioria das pessoas adora comer já foi condenado. Carne vermelha com doses generosas de gordura, ovos fritos de gema molinha, pipoca de cinema sem economia de sal, bombons de comer de joelhos... O jeito de conciliar prazer e vida saudável, dizem os médicos, é cair em tentação só de vez em quando. No caso do açúcar, no entanto, uma corrente médica afirma que nem moderação resolve. “Açúcar é veneno. Deveria ser considerado tão ruim e viciante quanto o cigarro e o álcool”, diz o endocrinologista Robert Lustig, da Universidade da Califórnia. “As pessoas comem doce em todas as refeições. Deveriam fazer isso, no máximo, uma vez por semana.” Lustig tornou-se conhecido fora do círculo acadêmico depois que o vídeo Sugar: the bitter truth (Açúcar: a verdade amarga) foi postado no YouTube, em 2009.

A denúncia que ele faz não é nova. Em 1975, o jornalista americano William Dufty (morto em 2002) fez sucesso com o livro Sugar blues: o gosto amargo do açúcar.(Clique aqui e leia mais sobre o estudo de Dufty) Dufty defendia a ideia de que o açúcar é uma droga poderosa, viciante e capaz de provocar inúmeros males à saúde. Ele afirmava que a indústria conspirava para manter os americanos viciados no pó branco vendido legalmente. O argumento central do livro é de que uma pequena redução no consumo de açúcar é capaz de fazer qualquer pessoa se sentir melhor fisica e mentalmente. Radical, Dufty chegava a ponto de afirmar que a redução do consumo de açúcar nos manicômios poderia ser um tratamento eficaz para muitos pacientes. O livro vendeu 1,6 milhão de cópias, fez a cabeça de muita gente, mas o consumo de açúcar não caiu. Só aumentou.

Lustig se dedica a reunir e divulgar evidências contra o açúcar. É um agitador com uma única causa, e virou referência

Agora é diferente. Ao contrário de Dufty, o endocrinologista Lustig é uma voz respeitada na universidade. Além disso, desde os anos 1970 surgiram evidências científicas capazes de sustentar a tese de que os danos do açúcar vão muito além das gordurinhas a mais. Lustig tem se dedicado a reunir e divulgar evidências contra o açúcar. Tornou-se uma espécie de agitador e rebelde com uma única causa. E converteu-se em referência para todos que pensam como ele.

O principal argumento de Lustig é que a forma como o açúcar é metabolizado pelo organismo o torna muito perigoso. O açúcar de cana, tão popular no Brasil, é tecnicamente chamado de sacarose. Quando digerido, ele se transforma em glicose e frutose. Excesso de glicose é ruim, mas excesso de frutose parece ser muito pior. A frutose derivada do açúcar de cozinha e a frutose ultraconcentrada usada no xarope de milho que adoça os refrigerantes nos Estados Unidos são metabolizadas primeiro (e rapidamente) pelo fígado. Ele passa a trabalhar demais, o que pode levar a um fenômeno chamado de resistência à insulina. Ou seja: o fígado deixa de ser capaz de atuar na redução de glicose no sangue. As consequências para a saúde vão do diabetes tipo 2 à impotência sexual.

As frutas, as verduras e os legumes também contêm frutose, mas em quantidades muito menores. A frutose natural é saudável, porque vem acompanhada de vitaminas, minerais e fibras. Esses nutrientes garantem que a frutose seja absorvida lentamente pelo organismo. “A natureza limitou nosso acesso à frutose, mas o homem o facilitou”, disse Lustig a ÉPOCA. E como facilitou. O apreço do brasileiro pelo açúcar é histórico – vem desde o Brasil Colônia. Começamos o dia adoçando o café com leite, tomamos café adoçado ao longo do dia. Colocamos açúcar em suco de fruta e apreciamos sobremesas muito doces, como as compotas de frutas e o doce de leite. Temos o hábito de tomar refrigerante no almoço.

Para aplacar esse desejo, os produtores despejam mais de 10 milhões de toneladas de açúcar no mercado doméstico todo ano. Segundo Plinio Nastari, presidente da Datagro, consultoria do setor, a produção vem crescendo ano a ano. Na última safra, ficaram no Brasil quase 12 milhões de toneladas. Dividido pelo número de habitantes, isso sugere um consumo per capita de 62,9 quilos de açúcar por ano. Ou 5,1 quilos por mês, 1,2 quilo por semana, 172 gramas por dia. O consumo estimado a partir da safra não é um dado 100% confiável, mas outras fontes revelam que o consumo brasileiro só aumenta. E já supera o americano. Segundo uma estatística divulgada pela Organização Mundial da Saúde, cada brasileiro ingeriu, em média, 59,2 quilos de açúcar em 2005. Nos Estados Unidos, foram 31,3 quilos.

Mesmo levando em conta o açúcar de milho, comum nos Estados Unidos, o consumo americano fica em 52 quilos, ainda abaixo do brasileiro. “Deve-se dosar o consumo de açúcar. Aqui no Brasil, é comum adicionar açúcar até aos sucos”, afirma José Egidio Paulo de Oliveira, chefe do serviço de nutrologia e diabetes do Hospital Universitário da UFRJ. “Outra coisa muito consumida hoje são os refrigerantes. Há famílias que os consomem diariamente. Está errado.”

Como dizia o autor do livro Sugar blues nos anos 70, muita gente se sente dependente de açúcar depois de consumi-lo por anos. “Sou viciado. Só falta eu fazer uma carreirinha de açúcar e cheirar”, diz o radialista aposentado Marcio Barker. “Não passo um dia sequer sem comer doce. Sinto crise de abstinência e preciso parar o carro para procurar uma doceria.”

Quando tinha 1 ano de idade, Barker foi encontrado pela mãe embaixo da mesa da cozinha se lambuzando com o açucareiro. Aos 65 anos, é o “formigão” numa família que prefere o sal. Faz doce de leite em casa e passa o dia comendo guloseimas. Apesar disso, não é gordo (tem 1,84 metro e 85 quilos) e diz que tem níveis normais de triglicérides e glicemia.

Histórias como a de Barker despertam uma pergunta pertinente. Se o açúcar é tão ruim assim, por que alguns sortudos passam a vida se deliciando com ele sem sofrer mal nenhum? “Isso é um sinal de que as pessoas não respondem igualmente à ingestão de açúcar. A mesma coisa acontece com o álcool. Algumas pessoas são muito sensíveis, outras nem tanto”, afirma Frank Hu, professor de nutrição e epidemiologia da Escola de Saúde Pública da Universidade Harvard. “Elas podem ter genes que as protegem dos efeitos dessas substâncias. Ou podem ter um perfil metabólico diferente.”

Nem todas as pessoas têm a mesma sensibilidade. Há quem coma doce a vida toda e não sofra danos

Muita coisa ainda precisa ser elucidada. É por isso que os críticos de Lustig – entre eles a indústria alimentícia, é claro – dizem que seu erro é tratar como verdade evidências ainda não conclusivas. “A preocupação com a ingestão de frutose é injustificada”, diz David Klurfeld, do Departamento da Agricultura dos Estados Unidos. “Do jeito que estão colocando a questão, parece que a ingestão de frutose em qualquer quantidade é perigosa. A maior parte dos animais, inclusive nós, os humanos, evoluiu para preferir sabores adocicados porque esse é um sinal de que o alimento é seguro para consumo.”

Mas Lustig não está sozinho em suas convicções. Muitos pesquisadores têm investigado como o açúcar age no organismo e chegado a conclusões interessantes. “Metade do açúcar que consumimos está nas bebidas como refrigerantes, sucos, bebidas energéticas e isotônicas”, diz o endocrinologista Luc Tappy, professor da Universidade de Lausanne, na Suíça. Tappy estuda como a ingestão de açúcar afeta a sensibilidade do corpo à insulina, o hormônio liberado pelo pâncreas que faz com que o açúcar entre nas células. De acordo com dados do Beverage Digest, publicação sobre a indústria de bebidas não alcoólicas, em 2008 as empresas dos Estados Unidos produziram 38 bilhões de litros de refrigerantes. É o suficiente para que cada americano beba, no mínimo, uma latinha de 350 mililitros por dia.

Por causa da presença marcante das bebidas adoçadas em nossa alimentação, elas são o parâmetro preferido dos pesquisadores para investigar os efeitos do açúcar sobre o organismo. Uma das pesquisas mais recentes publicadas sobre o assunto foi divulgada no mês de março. Ela faz parte do Intermap, um projeto de pesquisa com quase 5 mil pessoas espalhadas por Estados Unidos, Inglaterra, China e Japão. O estudo foi feito com 2.600 voluntários dessa amostra. Os participantes relataram aos cientistas tudo o que comeram e beberam por quatro dias. Fizeram exames de urina e mediram a pressão arterial oito vezes. Os pesquisadores da Escola de Saúde Pública do Imperial College, em Londres, descobriram que, para cada dose de bebida adocicada consumida pelos voluntários, havia um acréscimo de 1,6 mm Hg na pressão sistólica (quando o coração contrai) e 0,8 mm Hg na pressão diastólica (quando o coração relaxa). Conclusão: o açúcar contribui para a hipertensão.

Viciado em açúcar
Barker e os 62 quilos de açúcar que os brasileiros consomem por ano. “Sou viciado. Só falta fazer uma carreirinha de açúcar e cheirar”, diz
Outro estudo foi feito pela Universidade da Califórnia, na cidade de Davis. Ele mostrou que as bebidas adoçadas aumentam a gordura visceral, a mais perigosa para a saúde. Ela se acumula entre os órgãos do abdome e se solta facilmente, aumentando o risco de doenças cardiovasculares. Os cientistas adoçaram um daqueles sucos solúveis vendidos em pacotinhos, mas sem açúcar, com glicose ou com frutose. Dividiram os 32 voluntários em dois grupos e pediram para que cada grupo tomasse por oito dias, em todas as refeições, o suco fornecido pela equipe. Nem os pesquisadores nem os participantes sabiam qual dos sucos cada grupo estava tomando, se era o adoçado com glicose ou com frutose. Ao fim das oito semanas, os pesquisadores abriram os documentos que indicavam o que cada grupo havia ingerido e compararam os resultados. No grupo que tomou o suco com glicose, houve um aumento de 3,2% no volume de gordura visceral. No pessoal que ingeriu suco com frutose, o aumento no volume de gordura abdominal foi de 14%. Os cientistas também constataram que a sensibilidade à insulina diminuiu no grupo que tomou frutose. No índex que mede a sensibilidade ao hormônio, a sensibilidade média do grupo caiu 17%. No pessoal que tomou glicose, não houve diferenças significativas.

Esses índices sugerem que as pessoas que tomaram suco com frutose tinham mais chances de desenvolver doenças cardiovasculares, como hipertensão e diabetes, que aumentam os riscos de sofrer infarto ou AVC. Esse conjunto de alterações é o que os médicos chamam de síndrome metabólica. Estudos feitos por outros pesquisadores mostraram que a ingestão de altas concentrações de frutose desencadeia outros fatores característicos da síndrome metabólica, como aumento da concentração de gordura no sangue. A equipe da fisiologista americana Karen Teff publicou em 2009 no Jornal de Endocrinologia Clínica e Metabolismo uma pesquisa que aponta para o aumento do nível de triglicérides no sangue após a ingestão de suco adoçado com frutose. Triglicérides são gorduras fabricadas pelo próprio corpo com base em nossa dieta. Níveis altos dessas gorduras também estão associados ao desenvolvimento de doenças cardiovasculares. A equipe de Karen mediu os níveis dessa gordura no sangue de 17 voluntários depois da ingestão de sucos adoçados ora com frutose, ora com glicose. E descobriu que, quando os voluntários tomavam a solução com frutose, os níveis de triglicérides no sangue aumentavam quase 200% em comparação ao período pós-consumo de suco com glicose.

Para entender os mecanismos fisiológicos que fazem a frutose ter efeitos adversos sobre o organismo, os pesquisadores precisam reproduzir essas condições em animais de laboratório. Esses estudos mostram que a maior vítima das complicações causadas pela frutose é o fígado. É nesse órgão que a maior parte da frutose que ingerimos é processada. Quando as moléculas de frutose chegam ao nosso intestino, onde são absorvidas pela circulação, uma parte é processada pelas células do intestino. Mas boa parte vai para o fígado, um órgão que foi aperfeiçoado por milhões de anos para processar pequenas quantias de frutose – não as altas doses que o homem moderno ingere a partir dos produtos industrializados. Nosso corpo evoluiu para tirar maior proveito de outro tipo de açúcar: a glicose. Tanto que todas as células do organismo são capazes de processar essa molécula e obter energia a partir dela. A glicose é nosso combustível universal. Já a frutose é uma espécie de bônus (podemos viver perfeitamente bem sem ela). Por isso, quando as moléculas de frutose entram em cena, o fígado tem de se encarregar do trabalho (como um motor flex, ele é capaz de processar os dois combustíveis). O problema é que o jeito dele de processar a frutose é transformá-la em gordura. Isso explica por que os níveis de triglicérides aumentam no sangue. “Ao que tudo indica, a raiz dos efeitos adversos da frutose está na produção de gordura pelo fígado”, diz Tappy.

Para o médico Durval Ribas Filho, presidente da Sociedade Brasileira de Nutrologia, o açúcar não faz mal se não ultrapassar 100 gramas por dia. Especialmente quando se é saudável. “Se a pessoa não é obesa, não tem síndrome metabólica, não é diabética, vamos proibir em nome de quê?” Ribas compara o açúcar com outros alimentos com alto índice glicêmico, como o arroz branco, o pão branco e a batata. Eles também viram açúcar de absorção rápida no organismo e, se o açúcar tiver de ser tão restrito, o arroz e o pão terão de ser também.

Os estudos que mostram os efeitos adversos da frutose ainda levantam dúvidas. É muito difícil estudar os efeitos exatos do consumo de açúcar sobre o organismo (que dirá de um tipo de açúcar específico, como é o caso da frutose). Primeiro, porque nunca consumimos a frutose isoladamente (a não ser nas frutas, verduras e no mel). Quando ela é adicionada artificialmente aos produtos industrializados, vem ligada a moléculas de glicose (o açúcar preferido de nossas células). Por isso, é difícil estabelecer até que ponto as modificações no funcionamento do organismo se devem à ingestão de açúcar no geral e até que ponto são influenciadas pelas moléculas de frutose.

Em segundo lugar, a maior parte dos estudos são epidemiológicos. Isso significa que eles pegam uma grande fatia da população e tentam associar estatísticas de saúde a estatísticas comportamentais. A tarefa é complicada porque comportamentos não são isolados facilmente. Geralmente, pessoas que ingerem diariamente grandes quantidades de refrigerante têm outros hábitos pouco saudáveis, como o sedentarismo. Como dissociar um hábito do outro para apontar o tamanho de cada um sobre a epidemia de obesidade? Outro problema é que os estudos costumam procurar índices que sugerem doenças no futuro, como é o caso do aumento no nível dos triglicérides, e não as doenças em si. E não há garantias de que uma pessoa que tem níveis mais altos de triglicérides desenvolverá, de fato, doenças cardiovasculares. Os estudos poderiam levar a associações alarmistas.

Os pesquisadores já têm algumas evidências de que o excesso de açúcar pode provocar até mesmo câncer
Os estudos feitos com um número menor de pessoas, o que aumenta o controle dos pesquisadores sobre o comportamento dos participantes e poderia conferir resultados mais precisos, são controversos por outro motivo. Eles aumentam a confiabilidade da metodologia, mas não garantem que os dados encontrados sejam verdade para todo mundo. Quanto mais pessoas são estudadas, maior é a probabilidade de que aquelas conclusões possam ser aplicadas à maior parte da população.

Muitas vezes, estudos com seres humanos não bastam. Para explicar os mecanismos fisiológicos, os cientistas teriam de fazer procedimentos invasivos. Por isso, usam-se animais de laboratório. O problema é que, por mais que o organismo deles funcione de modo semelhante ao nosso, eles não são gente. E não há 100% de certeza de que os resultados encontrados nas cobaias sejam verdadeiros para os seres humanos. Apesar de todos esses obstáculos, os estudos dão sinais – que podem ser interpretados com alguma dúvida, algum titubeio, mas não devem ser ignorados.

E estudos recentes vêm reunindo novos sinais. Já há algumas evidências de que o excesso de açúcar pode provocar até câncer. Isso porque o excesso de insulina promove o crescimento tumoral. As células de muitos tipos de câncer dependem de insulina para crescer e se multiplicar. Quanto mais insulina circular no sangue, mais facilmente o câncer se desenvolve. Segundo os pesquisadores, muitas células pré-cancerosas jamais se transformariam em malignas se não tivessem insulina a seu dispor. “Eliminei o açúcar refinado de minha dieta. Acredito que essa é uma coisa que posso fazer para reduzir meu risco de ter câncer. Açúcar me assusta”, diz Lewis Cantley, diretor do centro de câncer da Escola de Medicina da Universidade Harvard.

Lustig ainda não chegou a esse ponto. Ele contou a ÉPOCA que, umas duas vezes por ano, escolhe um bom restaurante para saborear um pudim de pão de Nova Orleans ou um cheesecake ao estilo de Nova York.

As teses de Lustig e seus seguidores parecem fazer sentido. Infelizmente, é improvável que tenhamos uma conclusão definitiva nos próximos anos. Como Lustig faz questão de dizer, açúcar e xarope de milho certamente não são “toxinas agudas” do tipo que as autoridades sanitárias regulam e cujos efeitos podem ser observados em poucos dias ou meses. A questão é saber se eles são “toxinas crônicas”. Ou seja: eles não são tóxicos depois de uma refeição, mas talvez sejam depois de 1.000. Isso significa que estudos como os de Tappy deverão acompanhar os voluntários, no mínimo, por mais de 1.000 refeições. Só assim poderão ser considerados significativos. Até lá o farol amarelo permanece aceso.

Por Cristiane Segatto, Marcela Buscato e Francine Lima. Com Luciana Vicária e Luíza Karam